domingo, 20 de janeiro de 2013


...a falta que sinto do que  não tenho é o que não se explica...a vontade, o
 desejo intenso de sua presença em mim, é como viver o provável no
 improvável...faz com que coisas simples tomem  dimensões extensas como o simples fato do prazer de segurar em suas mãos... 

2 comentários:

  1. ola lindinha , que materia legal em :) já estou seguindo , segue la de volta :) http://blogthaisbrito.blogspot.com.br/ curte a minha pagina no facebook , eu curto devolta :) https://www.facebook.com/DecalcaJensEblusaDeRenda , ah não esqueça seu comentario ta :)

    ResponderExcluir
  2. Lindo. Não conseguia escrever de forma melhor algo assim. Há coisas que tornam-se grandiosas devido à pessoa com que estamos e ao sentimento que se nutre por essa pessoa.

    Fica bem
    beijinhos

    ResponderExcluir

Olá, Adoro ter você aqui!
Obrigada por comentar

Deixe seu link para retorno.